ESPERANÇA NA ANGÚSTIA

“O texto para a mensagem de hoje está registrado em I Pedro 1: 3 a 7: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus para vós outros, que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para salvação preparada para revelar-se no último tempo. Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que o valor da vossa fé, uma vez confirmado, muito mais precioso do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo…”

O tema central do texto é a esperança cristã, como a herança maravilhosa que Deus entrega a seus filhos nesta terra..

“Não sinto mais vontade de viver”  “preciso de ajuda”…

Alguma vez você já se sentiu assim? Sem animo, desmotivado…

O que fazer quando tudo parece perder a graça?

Esse texto nos fala de esperança. A esperança cristã  não significa apenas  um tipo de expectativa com relação ao futuro.

Por exemplo: quando um garoto diz: “Gostaria de ganhar uma bicicleta no natal”, ele pode estar querendo dizer: “Acho que existe a possibilidade de que meu pai me compre uma bicicleta.”

Isso é desejo, expectativa ou anseio, mas a esperança cristã é muito mais do que  isso. Ela é a certeza de que Deus tem um lugar preparado para nós, mas também é a certeza de que ele está presente em nossa vida, hoje, embora a nossa vida esteja rodeada por uma montanha de dificuldades. Isto nos leva à conclusão de que a esperança está intimamente relacionada com a fé.

É isso que Pedro afirma no verso cinco: “…sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé…” (I Pe 1:5)

É impossível para uma pessoa que não tem fé, poder ter esperança.  A fé é o que gera a esperança.  Só a fé nos ajudará a manter viva a chama da esperança. Quando tudo parece meio turvo em nossa vida, ai aparece o valor da esperança porque ela cria em você a certeza de que, apesar do mundo estar sendo consumido pelas chamas da loucura humana, você está seguro nos braços de Jesus. Não importa o que suceda hoje ou amanhã, Deus está cuidando de você. Isso é a esperança cristã. Romanos 8:38 e 39: “Porque eu estou bem certo de que nem morte, nem vida, nem anjos, nem principados, nem cousas do presente, nem do porvir nem poderes, nem altura, nem profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”

Outro aspecto desse texto é que a esperança, tem a ver com a herança de Deus. Isso está no verso 4: “…para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus para vós outros…” (I Pe 1:4)

O que Deus tem reservado para nós são coisas que “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano, o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” (I Coríntios 2:9)

Pedro usa, no verso 4, três palavras para referir-se ao tipo de vida que viveremos ao lado de Jesus: incorruptível, sem mácula e que nunca murchará. E o melhor de tudo isso, é que nós nunca murcharemos, ou seja, não teremos nunca mais aquela preocupação desesperada para não envelhecer, não mais bisturís, nem cremes… Não haverá mais dor, nem velhice, nem solidão. Nós e Jesus vivendo eternamente. Pedro termina enfatizando que a esperança cristã concede aos filhos de Deus a certeza da proteção divina. Ele afirma no verso 5 que: “… sois guardados no poder de Deus…” (I Pe 1:5)

Agora, não entenda mal esta promessa. Proteção divina significa que você nunca estará só em nenhuma circunstância da vida, por mais adversa que ela seja. Jesus sempre estará com você.

Proteção divina não significa isenção da dor e do sofrimento.

Pedro deixa isso bem claro quando afirma no verso 6: “…embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações.” (I Pedro 1:6)

Uma coisa é dizer: Um dia, o Senhor me livrará de todas as dificuldades”. Outra é: “Eu sei que o Senhor está comigo apesar das dificuldades”.

Pedro  afirma no verso 6 que devemos alegrar-nos quando a provação chegar. Por que?  Ele responde no verso 7: “Para que o valor da vossa fé, uma vez confirmado, muito mais precioso do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo.” I Pe 1:7  Não existe nada melhor que a esperança  para dar sentido à vida. Deus é o fundamento da nossa esperança.  E nós, podemos sair de uma vida de pessimismo para vivermos dia a dia olhando pra Jesus.